terça-feira, 22 de janeiro de 2013

PADRE VILECI – 20 ANOS DE SACERDÓCIO

No último dia 16 de Janeiro, o Padre Vileci Basílio Vidal comemorou 20 anos de vida sacerdotal, e nós como forma de homenagea-lo, trazemos  uma biografia completa para você conhecê-lo melhor.

Padre Vileci énatural de Porteiras/CE, nasceu aos 14 de março de 1964. Filho de Luís Vidal da Luz e Raimunda Xavier da Luz. Demonstrou vocação para o sacerdócio desde criança, quando brincava de ser padre com direito a Igreja, fiéis (seus irmãos) e santo padroeiro (Sto Antônio), vestia um camisão (que dizia ser sua batina) e inocentemente celebrava missa. Aos 17 anos entrou no Seminário São José do Crato, depois no Seminário NE I, no Castelão, em Fortaleza, nos anos 1986 e 1987: ainda no ITEP cursou Teologia nos anos 1988 a 1991. Na URCA (Universidade Regional do Cariri) iniciou o curso de História Natural, tendo cursando apenas três No último dia 16 de Janeiro, o Padre Vileci Basílio, Vidal, comemorou 20 anos de vida sacerdotal, e nós como forma de homenagea-lo, trazemos  uma biografia completa para você conhecê-lo melhor.
semestres, transferindo-se para o Curso de Direito, na própria URCA. No primeiro semestre de 1992, realizou estágio diaconal em Potengi e no segundo semestre na Paróquia Nossa Sra. das Dores, em Assaré, atendendo a Antonina do Norte e Tarrafas. Ordenou-se no dia 16 de janeiro de 1993, sob a imposição do Sr. Bispo Diocesano Dom Newton Holanda Gurgel, sendo dona Martha, a sua madrinha. Celebrou sua primeira missa na Paróquia de Nossa Sra. da Conceição, e a segunda na capela de São Francisco (onde fez sua primeira Eucaristia), em Porteiras/CE. Foi enviado para a cidade de Caririaçu, tendo permanecido apenas um mês (07 de fevereiro a 07 de março), no ano de 1993. Sendo nomeado pároco de Nova Olinda, assumiu a Paróquia de São Sebastião, dando assistência também em Altaneira.

Missa celebrada no cruzeiro, do Sanharol em homenagem ao padre Vileci
No dia 27 de julho de 1997, passou a residir em Juazeiro do Norte, passando a ser o primeiro pároco na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Período em que fez as Comunidades Eclesiais de Base acontecer. Construiu a Capela da Mãe Rainha, a Capela de Santa Edwiges, o Salão Paroquial e muitos outros benefícios durante sua permanência nesta paróquia. Setorizou a área paroquial em Comunidades, criando grupos missionários para facilitar o trabalho de evangelização, pois se tratava de área (na época) de mais de 45 mil habitantes. A Comunidade de Nossa Sra. Aparecida de Juazeiro do Norte ainda tem esse caminhar missionário graças aos seus ensinamentos nos trabalhos de base. Esta comunidade ainda hoje tem o seu jeito, o seu rosto. Ainda pároco de Nossa Sra. Aparecida assumiu a Paróquia de São João Bosco, no bairro Triângulo, como administrador paroquial e o saudoso Pe. Jacinto como Vigário paroquial. Com a saída do pe. Jacinto, exerceu sua função com a colaboração, por seis meses, do pe. João Batista, em seguida o pe. Rocildo Alves, ficando então assumindo as duas paróquias, até 31 de dezembro de 2002, dia que tomou posse o pe. Fco Luís dos Santos. Foi vigário forâneo, da Forania II, de dezembro de 2000 a dezembro de 2002.

Em agosto de 2003 foi transferido para Altaneira para ser o primeiro pároco da paróquia de Sta. Teresa D'Ávila. Depois foi transferido para Assaré, assumindo a Paróquia N. Sra. das Dores. Afastado para assumir a Coordenação Nacional do13º Intereclesial de CEBs (Comunidades Eclesiais de Base) - Grande encontro que irá reunir pessoas de todo o Brasil e da América Latina (também outros países), em Juazeiro do Norte (Diocese de Crato - Regional NE I), de 07 a 11 de janeiro de 2014. Coordenador na Diocese de Crato: das pastorais sociais; ministério da caridade; das CEBs; da CPT. Formado em Direito (URCA). É especialista em diversidade e educação camponesa, formado pela Universidade Federal de Goiânia (GO).

FONTE:  Rede CEBs de comunicação)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário