segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

CÁPSULA DE BALA DE IMPORTANTE CONFLITO DO CORONELISMO BRASILEIRO É ENCONTRADA EM PORTEIRAS

Numa busca por “tesouros” de um dos episódios mais marcantes e sangrentos da história do coronelismo brasileiro, os pesquisadores Bruno Yacub e José Francisco de Lima encontraram, na última sexta-feira (17), uma cápsula de bala calibre 44, no Sítio Guaribas, em Porteiras. Os dois acreditam que ela pode ter sido deflagrada pelas forças policiais participantes do conflito que durou 31 horas de tiroteio, conhecido como “Fogo das Guaribas”, em 1927. A peça foi doada para o Centro da Memória de Porteiras.

Nascido em Brejo Santo, mas morando atualmente em São Paulo, José Francisco realizou a busca com o auxílio de um detector de metais. Em ação semelhante por outros locais marcantes para história do cangaço no Nordeste, já encontrou mais de 20 peças, que foram fabricadas entre os anos de 1924 a 1932. “O que já encontrei poderia montar um museu em minha casa. São anéis, chumbada, projeteis, munições, punhal”, descreve. O pesquisador segue trabalho no Cariri até o próximo sábado (25). 

Entre estes artefatos encontrados anteriormente está uma bainha, espécie de capa de punhal, que teria sido de Francisco Pereira de Lucena, o Chico Chicote, um dos protagonistas do “Fogo nas Guaribas”. “Eu faço parte de grupos sobre o cangaço e estimulo as pessoas a fazerem isso. Além de ser um gesto bonito, ajuda a história. Se vejo que a entidade é séria, faz um bom trabalho, entrego o material. Nunca encontrei uma barreira para isso”, completa.
 
“A pesquisa nunca morre!”, enfatiza Bruno Yacub, que ajudou a encontrar a capsula no Sítio Guaribas. Ao lado de Francisco, o pesquisador reforça que não havia sido feito um trabalho de prospecção no ‘campo de batalha’ onde aconteceu o ‘Fogo nas Guaribas’. “É muito importante buscar o entendimento de como aconteceu o conflito. Estes bens materiais servem para elucidar nosso entendimento”, completa. 

O episódio
Prestes a completar 93 anos, o conflito que ficou conhecido como “Fogo nas Guaribas” aconteceu em 1º de fevereiro de 1927, com a chegada das tropas policiais, as “volantes”, comandadas pelo tenente José Gonçalves Pereira, que foram ao Cariri “dar cabo” do coronel Francisco Pereira de Lucena, o Chico Chicote, e seus aliados. A morte teria sido motivada por vingança, interesses econômicos e políticos. 

Naquele dia, os militares chegaram ao sítio Salvaterra, no Brejo dos Santos (atual Brejo Santo) e capturaram Antônio Gomes Grangeiro, compadre de Chico Chicote, seu sobrinho João Grangeiro e dois moradores, Aprígio Timóteo de Barros e Raimundo Madeiro Barros.

Com mãos e pés amarrados com cordas, os quatro seguiram até o sítio Guaribas, no atual território do município de Porteiras, onde presenciaram cerca de 31 horas de troca de tiros entre as volantes e os capangas de Chico Chicote, que foi vencido. Ele foi encontrado morto, de joelhos, baleado no maxilar, no braço esquerdo e com tiro fatal no tórax. Ao cessar o fogo, sua casa foi completamente saqueada. Plantações e animais foram atacados.

Por volta das 14 horas já do dia 2 de fevereiro, os quatro reféns, conhecido como “os homens de Salvaterra”, foram assassinados, degolados e incinerados. Depois, enterrados em valas comuns ali mesmo. Anos depois, no local onde estavam os corpos, João Gomes Grangeiro, filho do fazendeiro, ergueu uma lápide em memória do pai. Os restos mortais ficaram por lá até a década 1980, quando a família os enterrou, em definitivo, no cemitério de Porteiras. Ali, foi erguida uma cruz, que se tornou um marco do “Fogo das Guaribas”.

Motivação
O início do conflito começou entre Antônio Grangeiro e seu vizinho, José Franklin de Figueiredo, o Zé Franco. A desavença acontecia pelo avanço na propriedade de terra. Um colocava uma cerca e outro derrubava. Até o rabo dos animais era cortada. Nisso, Chico Chicote, proprietário do Sítio Guaribas e compadre de Antônio, prometeu resolver isso. 

Dias depois, o fazendeiro invadiu a casa de Zé Franco e acabou matando com uma facada próxima da axila esquerda. Cunhado da vítima, Sebastião Salviano “tomou as dores” e jurou vingança ao assassino, mas, com medo de retaliação, foi embora para o município de Princesa Isabel, na Paraíba, morar sob proteção do poderoso coronel José Pereira de Lima. Lá, articulou a morte do seu rival.
As forças policiais chegaram ao Cariri por volta de 28 de janeiro de 1927, com a desculpa que estariam à procura de Lampião que, de fato, estava rondando a região naquela época. Por isso, pediram apoio às volantes paraibanas e pernambucanas. No entanto, o verdadeiro intuito da vinda era assassinar Chico Chicote, Antônio Grangeiro e Antônio Marrocos. Este último, como fiscal de tributos de Jardim estava conquistando muito prestígio e representava uma “ameaça” aos coronéis locais, foi morto antes do tiroteio. 

A memória do “Fogo nas Guaribas” está no imaginário do pesquisador José Francisco desde criança. “Eu cresci ouvindo essa história do meu avô, que caçava com um cangaceiro”, conta. A partir disso, iniciou um estudo sobre Zé Franco, desafeto de Antônio Grangeiro. Sua morte iniciou todo o conflito. “Vou descobrir onde morava, o que fazia”, explica. 

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE

domingo, 19 de janeiro de 2020

PRESOS DOIS SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DO PREFEITO DE GRANJEIRO

Dois suspeitos foram presos durante as investigações da morte do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, o João do Povo. As prisões foram anunciadas Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) neste domingo, 19, mas ela ocorreram na última quinta-feira, 16. Conforme a SSPDS, os detalhes das detenções serão divulgados em uma coletiva de imprensa na sede da SSPDS, nesta segunda-feira, 20.

Na quinta, 16, dois homens foram presos em flagrante após a Polícia apreender o veículo apontado como transporte utilizado por suspeitos do crime. Apreensão foi realizada em uma revenda de veículos, em Teresina, no Piauí. O motorista em posse do carro e o proprietário da revenda foram os homens presos na ocasião. A ação da Polícia Civil do Ceará contou com o apoio da Polícia Civil do Piauí.

No dia 9 de janeiro foi deflagrada a operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão contra suspeitos da morte. A Polícia, na ocasião, pediu a prisão do atual prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, e do pai dele, Vicente Félix de Sousa, porém a Justiça não havia deferido o pedido. Apenas havia determinado a utilização de tornozeleira eletrônica por Vicente, que é ex-prefeito do município.

João Gregório Neto caminhava no entorno do açude Junco, na véspera do Natal, quando foi atingido por três tiros e morreu. Ele era investigado pela Polícia Federal (PF), no âmbito da Operação Bricolagem, que investigava fraudes em licitações.

Fonte: O Povo



sábado, 18 de janeiro de 2020

RESTAURANTE INOVA E CRIA PASTEL DE CUSCUZ EM FORTALEZA

O restaurante Boteco do Imprensa lançou um sabor de pastel que difere do esperado para a comida. Agora, o estabelecimento localizado no Imprensa Food Square, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, vende pastel de cuscuz, que pode vir com dois tipos de acompanhamentos.
Quem gosta de aproveitar a iguaria com café no fim da tarde passa a ter essa opção diferenciada. O pastel de cuscuz pode vir com manteiga e queijo ou então com carne de sol desfiada, típicos da mesa do nordestino.

A ideia surgiu, de acordo com o estabelecimento, para juntar uma comida já muito consumida no restaurante com o tradicional prato nordestino.

Serviço:
Onde:  Imprensa Food Square (Avenida Desembargador Moreira, 2355 - ao lado do Colégio Santo Inácio)
Horário de funcionamento: diariamente das 17h30 às 23h

Fonte: O Povo

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

CAJUÍNA SÃO GERALDO VAI VIRAR SABOR DE PICOLÉ

A cajuína São Geraldo agora irá se tornar picolé. Em parceria com a Pardal, a marca de refrigerantes vai virar sabor de sorvete e passa a ser vendido a partir do dia 20 de janeiro em mercados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A dobradinha entre as empresas não é de agora. Desde março de 2019 as duas planejam a parceria. De lá pra cá, foram feitos diversos testes com o xarope utilizado no refrigerante até conseguir transportar o sabor para o sorvete.

Para o gerente de marketing da Pardal, Erikson Nascimento, o grande desafio foi conseguir deixar o picolé com sabor característico da São Geraldo. “Não era possível simplesmente pegar o refrigerante e congelar", diz.

No Instagram a Pardal Sorvetes publicou o desenho de um caju ao lado do sorvete com um enigma na legenda: "Qual o seu palpite?", escreveu. A imagem acompanha a frase "Lançamento com o melhor do Nordeste".

Com informações do O Povo.


sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

CONSELHEIROS TUTELARES DE PORTEIRAS TOMARAM POSSE NA MANHÃ DESSA SEXTA-FEIRA(10)

O Conselho Tutelar de Porteiras entra em nova gestão. Na manhã desta sexta-feira (10), foram empossados e diplomados titulares eleitos e suplentes para o exercício 2020/2024, em solenidade realizada na Câmara Municipal.

Numa cerimônia que teve a presença do prefeito Fábio Pinheiro Cardoso, vereadores Raimundo Nogueira Lima e Marcondes Xavier de Souza, secretários municipais e demais convidados, tomaram posse:

Luzia Evangelista Bento
Rafael Raimundo Nascimento
Maria Rosivan de Almeida
Maria Lourdes de Lima
Francisco Expedito dos Santos.

Diplomados também os suplentes:
Bartira Soares dos Santos
Maria Madalena Bernardino
Katia  Defne Evangelista
Márcia dos Santos

Ausentes:
Fernando Jovino
Antônio Arlindo.

Em sua fala, o prefeito Fábio parabenizou os eleitos, suplentes e todos os envolvidos no processo eleitoral do Conselho, e insistiu nas palavras de reflexão, sobretudo os termos Forte e Justo, como um pedido pessoal aos novos conselheiros ao longo de seus mandatos pela boa gestão das leis que assegurarão os direitos das crianças e adolescentes.

Também usaram a palavra a secretária da Assistência Social, Claudineide Lima, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Katia Fernandes, bem como os conselheiros Luziane Evangelista, Rafael e Expedito.

FONTE: GOVERNO MUNICIPAL DE PORTEIRAS!

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

CAMILO SANTANA ESTARÁ EM BREJO SANTO NESTA SEXTA-FEIRA (10).

O governador Camilo Santana estará nesta sexta-feira (10) em Brejo Santo, onde assinará a ordem de serviço para a construção da estrada que liga Brejo Santo a Poço do Pau (com extensão de 23,11km na CE-397). O evento conta com a presença do deputado estadual Guilherme Landim.

A assinatura da ordem de serviço está marcada para às 19h30m, na comunidade Vila São Sebastião, em Brejo Santo. Na ocasião, outras novidades serão anunciadas para o município. Desde o início de seu mandato, o deputado Guilherme Landim tem articulado melhorias para a infraestrutura do Cariri junto aos órgãos estaduais. São de sua autoria os projetos de indicação que interligam diversos municípios da região, como Abaiara, Brejo Santo, Mauriti, Missão Velha, Jati e Porteiras.

Serviço

Assinatura da ordem de serviço da estrada que liga Brejo Santo a Poço do Pau
Dia 10/01/2020, 19h30m
Local: Vila São Sebastião - Brejo Santo

Fonte:  Blog do Mateus Silva com informações da Jornalista Janaina Flor.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

ÁGUAS DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CHEGAM AO ÚLTIMO RESERVATÓRIO ANTES DO CEARÁ

Após as comportas da barragem Negreiros, em Salgueiro (PE), serem abertas, na última sexta-feira (3), as águas do “Velho Chico” voltaram a percorrer os trechos do canal do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf) e já estão enchendo o reservatório Milagres, no município de Verdejante (PE). Esta é a última estrutura antes de a água do rio chegar ao território cearense. 

A expectativa é que a barragem de Jati, no município homônimo do Cariri, receba as águas do Rio São Francisco apenas no fim do mês de março, segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Isso porque o período de três meses é o prazo estipulado para a barragem de Milagres ficar cheia, antes de seguir para o Ceará. 

Hoje, o Eixo Norte do Pisf ultrapassa 97% de execução física. Esta etapa será responsável por levar a água da Transposição aos estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. 
 
Caminho das águas
Da barragem de Jati, o recurso hídrico segue até o Açude Castanhão, pelo Cinturão das Águas do Ceará (CAC), para abastecer a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Pela obra estadual, a água será transportada por 53 quilômetros do chamado “eixo emergencial”.

O recurso hídrico, captado em Jati, seguirá por gravidade até Missão Velha, onde será direcionado ao Riacho Seco, seguindo pelo Rio Salgado até desaguar no Rio Jaguaribe, onde cairá no maior reservatório do Estado.

 Fonte: Diário do Nordeste

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

CALENDÁRIO: LISTA DOS FERIADOS EM 2020 NO CEARÁ

O calendário de 2020 terá, pelo menos, sete feriados prolongados em todo o Brasil, dois a mais dos que ocorreram em 2019. Os destaques ficam para o Natal, que será celebrado em uma sexta-feira e para a data de Independência do Brasil, que cai em uma segunda-feira, assim como o Dia dos Finados. Considerando a possibilidade de feriados emendáveis, o número pode subir a nove, por conta de dois feriados, o de São José, que cai em uma quinta-feira, e o de Tiradentes, que será celebrado em uma terça-feira.

Veja a lista dos feriados em 2020

JANEIRO Ano novo: quarta-feira, 1º de janeiro

FEVEREIRO Carnaval: terça-feira, 25 de fevereiro

MARÇO * São José: quinta-feira, 19 de março * Data Magna do Ceará, 25 de março

ABRIL Sexta-feira Santa (Paixão de Cristo): sexta-feira, 10 de abril Páscoa: domingo, 12 de abril Tiradentes: terça-feira, 21 de abril

MAIO Dia do trabalho: sexta-feira, 1º de maio

JUNHO Corpus Christi: quinta-feira, 11 de junho

AGOSTO ** Nossa Senhora da Assunção: sábado, 15 de agosto

SETEMBRO Independência do Brasil: segunda-feira, 7 de setembro

 OUTUBRO Dia de Nossa Senhora Aparecida: segunda-feira, 12 de outubro

NOVEMBRO Finados: segunda-feira, 2 de novembro Proclamação da República: domingo, 15 de novembro

DEZEMBRO Natal: sexta-feira, 25 de dezembro * Feriado apenas no Estado do Ceará ** Feriado apenas na cidade de Fortaleza

Fonte: https://www.narotadasnoticias.com.br

quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

BOLETOS PARA PAGAMENTO DO IPVA JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS; VEJA COMO PAGAR

Os boletos para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) já estão disponíveis a partir desta quinta-feira (2) no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) ou no aplicativo Meu IPVA.

A rede arrecadadora do IPVA inclui Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNB, Bradesco, Santander, Itaú, casas lotéricas e rede de farmácias Pague Menos. Quem preferir pode pagar o imposto por meio dos cartões de crédito vinculados ao Banco do Brasil ou Bradesco.

> Confira a tabela de valores do IPVA 2020

Segundo a Sefaz, as alíquotas do IPVA variam de 1% a 3,5% sobre o valor venal dos veículos. A maior parte da frota tem alíquota de 3,5%. Motocicletas, motonetas, ciclomotores e triciclos até 125 cilindradas (com infração de trânsito) pagam 2%.

Ônibus, micro-ônibus, caminhões e veículos de locadoras pagam 1%. Pessoas com deficiência têm direito à isenção do imposto, assim como proprietários de máquinas agrícolas, táxi, ônibus de transporte urbano e metropolitano, e veículos com mais de 15 anos de fabricação.

Ainda de acordo com a secretaria, cerca de 2,29 milhões de veículos serão tributados neste ano, com previsão de arrecadar em torno de R$ 1,084 bilhão. Do total recolhido, 50% pertencem ao Tesouro Estadual e os outros 50% são destinados aos municípios onde os veículos estão licenciados.

Os motoristas que pagarem o IPVA em cota única até o dia 31 de janeiro terão 5% de desconto. Depois desse prazo, o pagamento – sem abatimento especial – poderá ser feito em até cinco parcelas, com vencimentos nos dias 10 de fevereiro, 10 de março, 13 de abril, 11 de maio e 10 de junho. O valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 20.

 Fonte: Diário do Nordeste

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

VICE-PREFEITO DE GRANJEIRO TOMA POSSE NESTA SEXTA

O meio político em Granjeiro, está ainda mais dividido após o assassinato a tiros do prefeito João Gregório Neto (PL), conhecido como João do Povo, na última terça-feira (24), véspera de Natal. Nesta sexta-feira, às 15h, na sede da Câmara Municipal, o vice-prefeito da cidade, Ticiano Tomé (PSDB), será empossado como novo chefe da Prefeitura. Ele terá um ano de mandato.


Apesar de comporem a mesma chapa, os dois estavam rompidos politicamente há pouco mais de oito meses, após o grupo político de Vicente Tomé, pai de Ticiano e prefeito por três vezes do município, fazer denúncias contra João do Povo, que era investigado devido a denúncias de fraude em licitações.

Em meio ao clima de luto, as diferenças políticas no município (ex-distrito de Caririaçu) se acentuaram, e a cidade começa a notar os primeiros impactos. Nesta quinta-feira, cinco gestores ligados ao grupo político de João do Povo entregaram suas cartas de demissão ao presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira (PMN).

Nos bastidores, políticos da pequena cidade de menos de 5 mil habitantes comentam que cerca de 50 pessoas devem deixar seus cargos hoje após a posse do novo prefeito. O motivo? Aliados de João do Povo não são bem vistos pelo grupo de Ticiano Tomé e de seu pai, por conta das diferenças políticas. Com isso, ele deve indicar novos gestores para essas funções que vão ficar desocupadas.

Posse antecipada

Inicialmente, a posse de Ticiano estava prevista para a segunda-feira (30). No entanto, a cerimônia foi antecipada para hoje. A justificativa, segundo o presidente da Câmara, é a necessidade da cidade. Fornecedores de Granjeiro, por exemplo, não queriam vender mercadoria porque não havia prefeito para garantir o recebimento. "Os postos de combustíveis ficaram na dúvida se deveriam abastecer as ambulâncias, porque não tinha prefeito para assinar a nota fiscal. Eu que estou tendo que assinar para garantir os pagamentos", explicou.

Além disso, Luiz Márcio disse que a data da posse foi definida após consenso entre os vereadores e a área jurídica da Casa. Vereadores contam que a data "apressada" foi definida após pressões de Ticiano e seu pai. Ontem, eles estiveram na Câmara para tentar fazer com que a cerimônia fosse realizada ainda ontem.

Divisão política

Com Ticiano Tomé na Prefeitura da cidade, base e oposição serão redesenhadas. Na Câmara Municipal, dos nove vereadores, apenas três são aliados ao seu grupo - que antes formavam a oposição a João do Povo e, agora, irão compor a base da gestão.

Os outros seis vereadores formavam a base de João do Povo. Nesse número, está o presidente da Câmara, Luiz Márcio. Segundo ele, o Legislativo Municipal estará à disposição para dialogar com a gestão, "para administrar pelo bem do povo". No entanto, ele garante que continuará sendo oposição ao grupo político do novo gestor. Resta saber se os demais também irão migrar de base para oposição.

Investigação

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará informou, na noite desta quinta-feira, que a Polícia Civil e a Polícia Militar mantêm as buscas pelos suspeitos da morte do prefeito. "Diversas pessoas prestaram depoimento desde o dia do crime. Mais informações serão divulgadas em momento oportuno para não comprometer o andamento das investigações", citou nota da Pasta enviada ao Sistema Verdes Mares.

Fonte: Diário do Nordeste